Biquinis para cada tipo de corpo

Não tenha vergonha de arrasar na praia ou no clube! Elegantes, sutis, divertidos, sexys… Independentemente das tendências devemos escolher bem o biquíni ou o maiô. Para evitar que você erre no visual e também para esconder os defeitinhos e valorizar seu tipo fisíco, aí vão umas dicas…

A ideia é colocar cor, luminosidade e volume nas áreas mais estreitas e desviar as atenções das áreas onde existe mais volume, através da utilização de peças mais escuras e mate.

Dicas para disfarçar ou realçar partes do corpo com o biquíni certo

Costas Largas: o ideal é cruzar as alças para fazer com que a pessoa olhe para o centro das costas e não para os ombros, disfarçando a largura das costas. Ou então alças retas, o que diminui a amplitude dessa parte do corpo. Mas exclua as peças com armações no pescoço.

Valorizar seios: invista em peças detalhadas na parte de cima, como plissados, brilhos. Usar sutiã com estampas claras para atrair a atenção e calcinha lisa, direcionando ainda mais a atenção aos seios. Sutiãs no estilo cortininha ou frente única, com bojo para dar volume e deixar o formato bonito, assim como os modelos tomara-que-caia, que também são uma boa idéia. Evite top estilo faixa.

Seios grandes: investir em alças largas para dar sustentação. A melhor opção é a modelagem frente única, o meia-taça sem bojo e o formato triangular – mas não o cortininha, esse deve ser maior e cobrir todo o seio.

Disfarçar o bumbum: usar cores claras e adereços como missangas, lantejoulas, bordados entre outras no top e na parte da frente da calcinha. Usar cores claras também ajuda a disfarçar bem.

Bumbum pequeno: para uma boa figura, calcinhas mais baixas e mais cavadas na parte de trás são boas alternativas. Evite calcinhas grandes na parte de trás. Para aumentar o volume da área, vale investir em modelos com franzidos, bordados ou babados. Estampas miúdas e cores claras também podem ajudar.

Cintura “reta”: pode ser disfarçarçada com os maiôs ‘engana-mamãe’ (aquele em que a calcinha e o sutiã são unidos apenas por uma faixa frontal). Os recortes dão uma sensação de curva para o corpo da mulher.

Pouca cintura: o top frente única alonga a cintura e calcinhas mais cavadas e com amarrações nas laterais deixam o visual mais proporcional. Evite tops estilo faixas, os com alças, aumentam os ombros e os modelos de sungas, reforçam o formato quadrado.

Biquinis para cada tipo de corpo

Quadril largo: Usar cores escuras e lisas. As estampas coloridas aumentam o volume e também o quadril. Usar estampas no top para diminuir a atenção ao quadril. Modelos amarradinhos largos são ideais, desde que sejam menos cavados. Evite cintos apertados e elásticos, que criem saliências.

Disfarçar altura: Usar sutiã sem alças com amarração na lateral. Linhas verticais dão impressão de altura.

Barriguinha saliente: as calcinhas com a cintura um pouco mais alta podem ajudar a disfarçar, pois não deixam os pneuzinhos muito aparentes. Dispense as tangas pequenas, de lacinhos ou com laterais finas, elas só vão prejudicar o visual. Os maiôs fechados na barriga também são sempre uma boa opção.

Pernas compridas e tronco curto: calcinhas de cintura baixa fazem mágica e alongam o corpo, mas a dica não vale se a barriga não estiver ‘em dia’.

Gordinhas: maiôs com decote em “v” costumam ser uma boa opção, além dos sunquínis. Muito cuidado com grandes decotes nas costas: eles podem realçar aquelas famosas “dobrinhas”. O tecido do biquíni ou maiô também pode ajudar. Biquínis de Jersey, não marcam tanto o corpo. Compre o biquíni do seu tamanho, nem maior e nem menor. O maior fica largo e deixa a impressão de um corpo flácido. O menor aperta e forma dobrinhas indesejadas.Quanto às estampas, o mais aconselhável é evitar desenhos circulares. Prefira as cores escuras e as imagens simétricas.

Magrinhas: investir nas formas arredondadas. Com relação à modelagem, a única restrição é o sunquíni, pq ele cobre muito o corpo, e provoca a impressão de que a mulher é ainda mais magra.

Adiconar Comentário