Doença Celíaca

Doença CelíacaA doença celíaca é uma perturbação causada por uma reacção de hipersensibilidade ao glúten, proteína específica de alguns cereais ( trigo, aveia, centeio, cevada e malte). A doença manifesta-se a qualquer altura da vida, mas é mais comum surgir em criança, a doença não tem cura mas os doentes aprendem a viver com ela. O celíaco produz anticorpos anti-gliadina (contra o glúten) que fazem com que a mucosa intestinal atrofie. A superfície lisa resultante não tem capacidade de digerir e absorver adequadamente os nutrientes.

Sintomas:

  • Diarreia
  • Vómitos
  • Perda de apetite
  • Perda de peso
  • Distensão abdominal
  • Atraso no crescimento
  • Má absorção
  • Irritabilidade/Tristeza
  • Cansaço e fraqueza generalizada (astenia)
  • Prisão de ventre crónica
  • Flatulência
  • Aftas
  • Anemia
  • Infertilidade
  • Dores ósseas

Os sintomas variam de pessoa para pessoa e diferem num doente criança e num doente adulto.

Diagnóstico:

O diagnóstico deve ser feito através de uma análise laboratorial que meça a absorção de xilose, um açúcar simples. A confirmação do diagnóstico faz-se por meio de uma biopsia que mostra um revestimento achatado do intestino delgado e que, após sujeito a uma dieta sem glúten, retoma a aparência normal.

Tratamento:

O tratamento consiste em excluir da alimentação todos os alimentos que contém glúten. É muito importante ler o rótulo de todos os produtos porque o glúten é comum em muitos produtos, no entanto, é cada vez maior a variedade de produtos à venda para quem sofre desta doença.

Alimentos proibidos:

Leite

Produtos lácteos

Carne processadas ( salsichas, fiambre,…)

Cereais – trigo e todos os seus derivados (massa, sêmola, ravioli, pastéis, bolos, pizzas, panquecas, biscoitos, doces e aromatizados, etc), todos os produtos de padaria; cevada, farinha e cerveja; centeio, pão e farinha; aveia, farinhas, flocos, paras e muesli

Figos secos, frutas cristalizadas

Adiconar Comentário