Significado da Páscoa

As duas alturas mais importantes do ano para qualquer cristão são o Natal e a Páscoa.

Mas se o Natal é o momento mais mediático, com as prendas e o nascimento de Jesus, já a Páscoa tem um significado mais profundo para a Igreja Cristã.

Neste artigo poderá conhecer qual o significado da Páscoa.

Jesus, ao fazer 33 anos, recebeu o chamamento de Deus, seu pai, para dar a conhecer o Novo Testamento aos judeus, em que alterava alguns dos conceitos que se encontravam no Antigo Testamento.

Assim, em vez de ser “olho por olho, dente por dente”, Jesus espalhou a nova Palavra, onde em oposição ao conflito, se ensinava o perdão e a dar a outra face. Jesus, apesar de ter conseguido espalhar as novas ideias, acabou crucificado na cruz.

Mas foi com a sua morte que ele verdadeiramente mostrou a essência das suas palavras.

Significado da Páscoa

A Páscoa representa a subida de Jesus ao céu, para se sentar à direita do seu Pai, mostrando que era possível vencer a morte. O significado do nome Páscoa é assim “passagem”, sendo por isso a mais importante e profunda celebração cristã, em que se comemora a ressurreição de Jesus Cristo.

A celebração da Páscoa insere-se na Semana Santa, sendo composta por várias celebrações, que representam os últimos dias de Jesus, a sua morte e a sua ressurreição.

Os dias mais importantes são a Sexta-feira Santa, onde se celebra o dia da morte de Jesus, crucificado na cruz, e o Domingo de Páscoa, onde se comemora a sua ressurreição.

Na noite de sábado para domingo há também a vigília, que acompanha o período de tempo em que Jesus ressuscitou.

A Páscoa é uma festa que não tem uma data fixa, ocorrendo no início da primavera, após a primeira lua cheia. Dessa forma, não há um dia certo todos os anos como no Natal, podendo acontecer entre 22 de março e 25 de abril.

Esta festa é comemorada em todos os locais do mundo onde haja cristãos, havendo diversas tradições muito antigas associadas.

Atualmente, a Páscoa é uma data religiosa, mas também, onde as famílias se reúnem e convivem.

Partilhar